23/04/2012

Salmão ao Molho de Shiitake

Nenhum comentário :
Há alguns dias fui na livraria comprar material de escritório e não resisti em trazer comigo um livro (adoooro ler, amooo ficar horas em livrarias). O escolhido da vez foi o livro Segredos dos Chefs, com as receitas do Festival Brasil Sabor - um festival promovido a nível nacional pela Abrasel - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, que já está na sua 7º edição. O Festival busca valorizar a relação de amor entre os chefs e as comidas que preparam. 

Agora imagina que delícia ter as receitas escolhidas pelos restaurantes participantes de SC? 

A receita escolhida para hoje é de um restaurante ótimo que fica perto da minha casa de praia, o Porto Ingleses Restaurante (quem estiver a passeio pela região, vale a visita).

Aproveitando, fica a dica para quem mora aqui e quer comprar peixes fresquinhos: o Mercado Público de Florianópolis está com muita opção de peixes e frutos do mar fresquinhos. Eu sempre indico a Banca do Chico, um querido que sempre atende a mim e a minha família com peixes deliciosos, sempre muito fresquinho.

Então fica a dica do peixinho e o livro!


Salmão ao molho de Shiitake 
Serve 4 pessoas 


Receita Livro O Segredo dos Chefs
Restaurante: Porto Ingleses Restaurante




Você vai precisar de:


800 gr de Salmão em filés
1 bandeja de Cogumelo Shiitake
1 Alho Poró fariado
1 Cebola Brunoise
100 gr de Manteiga 
2 doses de Espumante (ou outra bebida)
Ervas Finas
Sal e Pimenta do Reino
Azeite


Preparo:

1. Tempere os filés de salmão com sal e pimenta e grelhe em azeite com as ervas finas. Reserve.

2. Limpe os cogumelos e fatie-os. Para o molho, refogue  na manteiga os cogumelos, o alho poró e a cebola. Quando estiver bem refogado, acerte o sal e a pimenta e flambe com a espumante.

3. Sirva o molho sobre os filés de salmão.





18/04/2012

Molho Cremoso de Camarão e Shiitake

4 comentários :
Adoro quando uma receita inventada de última hora fica tão deliciosa como esta. A intenção era fazer um molho de camarão com requeijão para acompanhar a Trança de Peixe assado. Encontrei na geladeira um pedaço de alho poró e cogumelos shiitakes, que resolvi aproveitar neste molho também.

O resultado foi um molho espetacular e muito, mas muito fácil e rápido de fazer. Essa receita certamente vai virar figurinha repetida na minha cozinha, e deve ficar ótima também acompanhada de uma bela massa.



Molho Cremoso de Camarão e Shiitake
Serve 2 pessoas

Você vai precisar de:

250 gr de Camarões limpos
200 gr de Requeijão Cremoso
70 gr de Cogumelos Shiitake em lâminas
1 punhado de Alo Poró picado (1/3 do talo, aproximadamente)
3 colheres de sopa de Manteiga
2 xícaras de Leite
1 colher de sopa de Farinha de Trigo
1 dose de Wisky
Sal e Pimenta do Reino
Azeite

Preparo:

1. Tempere os camarões limpos com sal e pimenta do reino. Em uma panela, derreta metade da manteiga com um fio de azeite e frite os camarões aos poucos (isto evita que soltem água). Vire os camarões quando estiverem rosados de um lado e retire assim que ficarem rosados dos dois lados. Quando terminar de fritar tudo, volte os camarões para a panela e flambe-os. Mexa para deglaçar bem o fundo da panela, retire os camarões e reserve.


2. Na panela em que fritou os camarões, coloque o restante da manteiga e frite o alho poró. Em seguida acrescente os cogumelos e refogue até que fiquem macios. Junte o leite e deixe cozinhar um pouco.

3. Desmanche a farinha de trigo em um pouco de leite e acrescente ao molho. Junte o requeijão e os camarões antes de servir. Acerte o sal e a pimenta a gosto.


Sirva com arroz.






13/04/2012

Torta Fondant de Chocolate

Nenhum comentário :
Então pessoal, já detonaram com todo o chocolate que ganharam de Páscoa? 


Na minha casa, esses chocolates duram uma eternidade, preciso da ajuda do noivo pra me ajudar a comer, se não eles ficam esquecido e sempre viram sobremesas. Se vocês também são assim, a receita de hoje é ótima para dar um delicioso fim aos chocolates da Páscoa!


 Em janeiro deste ano viajamos com alguns amigos para o Rio de Janeiro, e o que deveria ser uma viagem para conhecer a cidade e seus pontos turísticos se tornou uma viagem gastronômica, pois choveu todo santo dia.

Acabamos conhecendo lugares muito legais e experimentamos pratos deliciosos. E em um dos restaurantes que visitamos, meu noivo pediu uma sobremesa chamada Fondant de Chocolate. Um espetáculo, simplesmente maravilhosa.

Fiquei bastante tempo procurando uma receita que fosse similar, e sempre me deparava com pratos que pareciam Petit Gâteau, mas a sobremesa que experimentamos era bem diferente disso.

Cheguei nessa receita, que ficou muito boa e é muito fácil de fazer (adoro isso em sobremesas), mas não ficou parecida com que estava buscando.

Valeu a pena, pois descobri uma ótima receita de sobremesa, mas ainda continuo em busca daquele Fondant, então se alguém conhecer a receita manda pra mim viu!!




Torta Fondant de Chocolate
Serve 12 pessoas

Você vai precisar de:

700 gr de Chocolate meio amargo (usei blend)
500 gr de Creme de Leite Fresco (usei nata)
8 Claras em Neve
100 gr de Bolacha Maisena
50 gr de Bolacha de Chocolate sem recheio
4 - 5 colheres de sopa de Manteiga

Creme Brûlée:
500 gr de Creme de Leite Fresco (usei nata)
4 Gemas
3 colheres de sopa de Açúcar
1 colher de sobremesa se Essência de Baunilha


Preparo:

1. Comece preparado a base da torta, triturando os biscoitos num processador ou liquidificador, ate formar uma farofa. Junte com a manteiga até formar uma farofa úmida, que liga quando apertada com a mão. Distribua essa farofa em uma assadeira e aperte com uma colher, deixando a superfície lisa e uniforme. Leve ao forno médio para assar por 10 minutos. Reserve.


2. Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas. Reserve.

3. Batas as claras em ponto de neve. Reserve.


4. Bata a nata até que engrosse, mas cuidado para não bater muito e virar manteiga!

5. Misture a nata batida ao chocolate e por último as claras em neve, delicadamente, com um fouet. Despeje a massa de chocolate sobre a massa assada e acerte para que fique bem lisinha em cima. O truque é não passar a colher em cima para não marcar, apenas balance um pouco a forma para que a massa se ajeite. Leve à geladeira por pelo menos 3 horas antes de servir.


Decoração: cobrir a torta com morangos frescor picados e folhinhas de hortelã.


Creme Brûlée:


1. Colocar todos os ingredientes em uma panela e cozinhar em banho-maria até engrossar um pouco, demora cerca de 10 minutos. Mexa de vez em quando e peneire as gemas antes de colocar na panela. Sirva em uma molheira para acompanhar a torta.







11/04/2012

Batatas ao Alho e Óleo

4 comentários :
Outro dia meu pai fez galetinhos para o almoço e queria servir com batatas fritas. Como tínhamos tempo, pensei em fazer as Fritas assadas, mas desta vez, queria algo diferente. Porquê não misturar às batatas outro ingrediente que eu tanto amo: o alho!?

E agora não tem mais volta. Batatas "fritas" assadas sempre serão assim, aromatizadas com bastante alho!

E a casa ficou com um cheirinho tão delicioso! Vale muito a pena experimentar. É um excelente acompanhamento para carnes e frangos e um ótimo aperitivo também.


Batatas ao Alho e Óleo
Serve 6 pessoas

Você vai precisar de:

5 Batatas
4 dentes de Alho picados
1/2 de xícara de Azeite
3 colheres de sopa de Amido de Milho
Sal e Pimenta do Reino

Preparo:

1. Corte as batatas em palitos, como se fosse para fritar. Você pode descasca-las ou não, fica a seu gosto. Coloque as batatas em uma panela e cubra com água. Deixe no fogo por cerca de 4 - 5 minutos, sem deixar ferver. Escorra as batatas, que devem estar firmes ainda. Coloque-as em uma forma e seque-as com a ajuda de um papel toalha.


2. Em fogo baixo, frite o alho no azeite por um minuto, sem deixar dourar, até que levante o perfume. Retire do fogo imediatamente.



3. Misture o sal e a pimenta com o amido de milho e polvilhe sobre as batatas. 

4. Unte uma forma (preferencialmente antiaderente) com o azeite aromatizado com  alho. Arrume as batatas e deite por cima delas o alho frito com o azeite. Misture um pouco para que o alho envolva bem as batatas e arrume-as novamente e leve ao fogo pré aquecido.


5. As batatas vão assar por cerca de 40 - 50 minutos. Na metade do tempo vire-as e sirva quando estiverem douradinhas.


09/04/2012

Trança de Peixe

Um comentário :
Então que depois da Páscoa todo mundo deve estar hoje se sentindo com a consciência pesada, né? Foi fartura de comida, bebida, e de sobremesas com muito chocolates. Agora que a semana começou, e a triste realidade voltou, vamos fazer as pazes com a balança?


Na sexta-feira Santa, almocei em casa com o noivo e fiz estas Tranças de Peixe. Adoramos o resultado. Além de ser um prato rápido e muito fácil de fazer, fica lindo além de ser bem saudável.

Servi acompanhado de arroz branco e com o delicioso Molho de Camarões e Shiitake. Se quiser manter o prato bem leve, basta regar com um limãozinho (que eu adoro) e acompanhar com uma bela salada.

Ás vezes dar uma forma diferente às receitas do dia-a-dia torna o prato mais bonito e atraente. É o caso dessas tranças. Você pode fazê-las com apenas um tipo de peixe, ou usar um salmão com outro peixe de carne branca, para dar um belo contraste.




Trança de Peixe
Serve 2 pessoas



Você vai precisar de:

250 gr de Filé de Linguado (ou pescadinha branca)
350 gr de Filé de Salmão
Sal e Pimenta do Reino
Azeite



Preparo:

1. Corte os filés de peixe em tiras de aproximadamente 1,5 cm, fazendo de 9 a 12 tiras (eu fiz 9). Coloque em uma tigela e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Reserve por cerca de 20 minutos na geladeira.



2. Para trançar, pegue três tiras de peixe - 2 de linguado e 1 de salmão, ou vice versa. Prenda as três tiras com um palite e trance o peixe com cuidado para não arrebentar a carne, que é muito macia.

3. Arrume as tranças em uma forma untada com azeite, regue cada uma com um fio de azeite e asse em forno médio por cerca de 20 - 30 minutos. Quando prontos, retire da assadeira com a ajuda de um a espátula,  gire e puxe o palito para retirar sem estragar a trança.





05/04/2012

Guardanapo de Páscoa

Nenhum comentário :

Esse post eu publiquei no meu antigo blog - Ma Folie, que por falta de tempo infelizmente eu parei de escrever. Trouxe para vocês terem uma dica bem bonita para arrumar a mesa no dia da Páscoa! Espero do gostem.

Esta semana já é a Páscoa, uma das minhas festas preferidas no ano, e não é pelo chocolate em si, mas sim porque eu acho essa época do ano a mais gostosa, com dias de sol fresquinhos, adoro as decorações de coelhinhos, as cestas de ovos, as comidas típicas como o bacalhau, a canjica e o amendoim doce.

Na casa dos meus pais, não  temos a tradição de colocar enfeites de Páscoa, só fazemos os pratos típicos. Mas quando eu estiver no meu apartamento, eu quero muito poder decorar a sala de coelhinhos...

Tenho algumas inspirações lindas para decorar a casa e para os presentinhos de Páscoa, e este guardanapo é o meu preferido. Eu testei esse molde e fica melhor com guardanapos de tecido fino, os brancos tradicionais não ficam muito certinhos, porque são de tecido mais grosso. Aqui também tem um passo a passo bem legal.



Passo a Passo



Passo 1: Usando um guardanapo simétrico, dobre ao meio e depois dobre ao meio mais uma vez, formando um retângulo.


Passo 2: Dobre as duas pontas superiores para baixo, formando uma ponta.



Passo 3: Agora dobre as pontas de baixo para dentro, puxando pra cima e formando um quadrado.



Passo 4: Dobre novamente as laterais, sem levá-las ao meio, para que um lado fique maior que o outro.


Passo 5: Vire com cuidado o guardanapo.


Passo 6: Dobre a ponta superior para baixo.


Passo 7: Vire novamente o guardanapo, e junte as duas lateraism tentando prender uma sobreposta a outra. deixando um pouco aberto para que ele fique em pé. Se quiser enfeitar, pode usar alfinetes e fios para fazer o rosto do coelho.
 

04/04/2012

Risotto de Tomates e Azeitonas Pretas

Nenhum comentário :
Com a proximidade da Páscoa, tem muita gente pensando em pratos deliciosos a base de peixes e frutos do mar.

E aqueles que seguem a tradição católica de não comerem carne na sexta Santa, mas que também não gostam ou não podem comer peixes e frutos do mar, como que ficam? 

A saída é optar por pratos vegetarianos deliciosos, como esse Risotto de Tomates e Azeitonas Pretas. Acreditem, mesmo com ingredientes simples, esse Risotto fica um espetáculo de bom. No dia que fiz, estávamos na casa da comadre Nani Raschella, e raspamos a panela, literalmente.

A receita é parecida com a do Risotto Caprese, e ambos foram experimentados em visitas que eu e meu noivo fizemos a um restaurante delicioso e que eu super recomendo, a Enoteca Osigo.

No restaurante, meu noivo provou este Risoto acompanhado de uma bela posta de Bacalhau assado, e a combinação ficou perfeita.

Então anote a receita e sirva este Risotto na Sexta Santa também, assim todos ficam felizes e satisfeitos!



Risotto de Tomates e Azeitonas Pretas
Serve 4 pessoas 


Você vai precisar de:


2 xícaras de Arroz Arbóreo
1/2 Cebola ralada
100 gr de Manteiga
1 xícara de Espumante (ou vinho branco seco)
8 Tomate Italianos, sem pele e sem sementes
Azeitonas Pretas picadas
1 1/2 litro de Caldo de Legumes (pode usar o do potinho se não quiser fazer)
1 maço de Manjericão
100 gr de Queijo Parmesão ralado na hora
Azeite
Sal e Pimenta do Reino



Caldo:
2 dentes de Alho amassados
1 Tomate
1 Cebola
1/2 Alho Poró
3 buquês de Couve-Flor
3 buquês de Brócolis
1 Cenoura
1/2 colher de chá de Açafrão da Terra
Azeite




Preparo:


1. Comece preparando o caldo: junte todos os ingredientes em  uma panela, refogue em um fio de azeite e cubra com aproximadamente 1 1/2 litro de água e deixe cozinhar por cerca de 1 hora. Coe e mantenha o caldo quente. 





2Quando você começa a preparar um risotto, não se pode parar de mexer, portante deixe todos os ingredientes preparados para o prato. 

3. Comece o risotto, fritando em uma colher de manteiga e uma de azeite a cebola em fogo baixo, sem dourar. Junte o arroz e frite por uns dois minutos, até que fiquei meio transparente. Adicione a espumante e deixe reduzir o álcool. Acrescente os tomates italianos e as azeitonas pretas e comece a agregar o caldo quente aos poucos, concha por concha, sempre mexendo. 



4. O cozimento do risotto leva em torno de 20 minutos, vá experimentando até que chegue ao ponto, que é al dente (deve ser resistente à mordida). Quando chegar neste ponto, junte as folhas de manjericão rasgadas a mão (libera mais aroma e sabor), e o restante da manteiga. Mexer para incorporar e sirva imediatamente.








Poderá também gostar de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...