Macarrão ao Molho Cremoso de Funghi

Um dos pratos preferidos do meu noivo e meu, é um prato de massa com filé ao molho funghi servido numa cantina da nossa cidade. Porém, não costumamos ir sempre lá, pois o preço é meio salgado sabe.

Depois de muito tempo pensando, de experimentar em outros lugares diferentes receitas e de pesquisar muito na internet, cheguei neste prato que ficou, sem exageros, MARAVILHOSO!

Fiz o prato na casa dos meus cumpadres Beto e Nani, nós quatro devoramos tudo. Eu usei três tipos de cogumelos: shitake, shimeji e funghi secci porcini, mas você pode trocar pelo cogumelo que preferir. Mas adianto que o shitake e o porcini foram os responsáveis pelo sabor espetacular que o prato ficou.


Se quiser, pode retirar a carne e transformar em um prato vegetariano, ou servir com filés. Sirva com uma massa de boa qualidade, este prato fica ótimo e você pode servir num jantar especial, deixando o molho pronto com antecedência, acrescentando apenas o creme de leite fresco no final.


O molho de funghi porcini, cogumelos shitake e shimeji com a nata (creme de leite fresco) fica com uma textura cremosa, suave, com toques terrosos dos cogumelos frescos e o perfume dos porcini. Harmonizam muito bem com este prato, vinhos com a uva Nebbiolo, que acompanha muito bem funghis de uma maneira geral, mas, é insuperável com o porcini.  Outras uvas que harmonizam bem com este prato são: Carmenère, Merlot, Bonarda e Shiraz. 


Escolha seu vinho, convide seus amigos, monte uma mesa linda e comece a festa!


Vamos anotar a receita?


Macarrão ao Molho Cremoso de Funghi
Serve 4 pessoas 


Você vai precisar de:

400 gr de Massa (usei Tagliatelli)
400 gr de Filé mignon cortado em tiras pequenas 
170 gr de Cogumelos Shimeji 
170 gr de Cogumelos Shitake
20 gr de Funghi Secci Porcini
2 potes de Nata (cerca de 700 gr)
2 colheres de Manteiga
1 Alho Poró picado
1/2 caldo de Carne (usei metade daquele caldo de potinho Knorr)
Sal e Pimenta

Preparo:

1. Coloque a massa para cozinhar em bastante água fervente com sal.


2. Coloque o funghi secci para hidratar em um pouco de água quente com o caldo de carne, por cerca de 15 - 20 minutos. Passado este tempo, escorra os cogumelos e reserve a água. Se for necessário, pique os funghis para não ficar muito grande. Tire os cabos do shitake, descarte e fatie o "chapéuzinho". Desmanche o shimeji soltando os cogumelos. Reserve.


3. Refogue a carne com 1 colher de manteiga com um fio de azeite. Quando estiver dourada, sem passar dos pontos,  reserve a carne e o caldo que vai formar, separadamente.


4. Refogue o alho poró no restante da manteiga com um fio de azeite (eu processei bem, porque a Nani não gosta de mastigar cebola e alho, mas não precisa).



5. Quando o alho poró estiver bem refogado, antes de dourar, junte todos os cogumelos. Mexa e vá refogando, por cerca de 10 minutos. Os cogumelos vão murchar um pouco e soltar água. Mexa sempre para não grudar no fundo. 

6. Junte o caldo que se formou da carne, o caldo da hidratação do funghi coado (tem que coar, pois pode ficar uma sujeirinha no fundo). Se achar que precisa de mais caldo, coloque um pouco de água quente, cerca de 1 xícara. 


7. Coloque a carne e cozinhe por uns 5 minutinhos. 




8. Acrescente a nata e misture bem. Acerte o sal, coloque um pouco de pimenta do reino e junte a massa escorrida, incoporando-a no molho.


Sirva imediatamente e delicie-se, sem moderação!








16 comentários:

  1. Um prato bem ao meu gosto!! Adoro cogumelos e massas, combinam na perfeição...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Amei, amiga! Essa receita é quase idêntica ao meu molho de Shitaki e Shimeji com natas, mas tu usastes o funghi ao invés do shimeji. E ainda acrescentastes o filé.. deve ter ficado espetacular.
    Já fiquei imaginando com um nhoque... nham, nham, nham! Adorei. PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  3. Ai Pati, você simplesmente arrasou :O
    Esse seu molho eu comeria até sem a pasta... nossa que delícia :P
    Fiquei babando agora :(
    Um beijão,
    Queila

    ResponderExcluir
  4. Amiga... eu queria fazer um comentário que pudesse traduzir o sabor desse prato mas é impossível... beijocas

    ResponderExcluir
  5. Olha eu posso traduzir o sabor desse prato .... deixe eu ver, maravilhoso, estupendo,singular, o melhor... aaaaaaaaaaaaaa..... sei lá só comendo para saber !!!!! Parabéns Cumadre, és a Melhor, dá-so um banho !!!!! Bj.

    ResponderExcluir
  6. posso substituir a nata por creme de leite fresco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Na verdade, a nata é muito semelhante ao creme de leite fresco, usamos mais ela aqui no sul por ser facilmente encontrada e ter um preço bem mais acessível!

      Excluir
  7. Aqui onde moro não encontro nem a nata e nem o creme de leite fresco. É possível usar o creme de leite de lata?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wagner.

      Você pode fazer a troca sim, mas como o creme de leite em caixinha ou lata é mais denso que a nata ou o creme de leite fresco, acredito que você tenha que diluir em um pouco de leite (1/3 de xícara, por exemplo, caso o molho não fique "molhadinho".

      Excluir
  8. Estou fazendo agora. Parece que está ficando sensacional.
    Não vejo a hora de comer.
    Dei mais uma olhada no site, só tem receitas ótimas. Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Guria, no Carnaval estive com o meu namorado na Di Taroni e comemos o excelente Gnocchi Nonno Taroni (recomendo muito!). Tão excelente, mas tão excelente, que decidi que iria aprender a fazer algo parecido. Vim ao teu site e achei esta tua receita, que reproduzi ontem alterando somente o macarrão (usei o Bavette n. 13 da Barilla). Que espetáculo!!!!!!! Ficou dos Deuses!!! Divina!!! Parabéns mesmo e muito, mas muito obrigada por compartilhar conosco. Um beijo! Grazi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazi!

      Obrigada pelo carinho! Eu adoro dividir as receitas que dão certo e amo receber o retorno de vocês! A Di Taroni é uma delícia mesmo não é? Chego a ficar com água na boca só de pensar!

      Beijão e volte sempre!

      Excluir
    2. Pati, conheces este lugar: http://www.finefoodcogumelos.com.br/catalogsearch/result/?q=porcini
      Descobri ontem por acaso. O preço dos cogumelos é melhor do que o do Angeloni. Bem... também não é muito difícil alguém ser mais barato que o Angeloni. hehehehe

      Um beijo
      Grazi

      Excluir
    3. Oi, Grazi. Não conhecia não. Obrigada pela dica! Realmente o Angeloni tem um preço beeem salgado né!? O sacolão da beiramar sempre tem cogumelos frescos, e no Hippo também, o preço é um pouco melhor que o Angeloni.

      beijos

      Excluir
  10. Bela receita, vou experimentar!!

    ResponderExcluir

Printfriendly

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CONFRARIADOSCHEFS.COM
O conteúdo de texto e imagens desde blog está sob licença de Creative Commons. Você pode reproduzir o conteúdo, mas sempre atribuindo créditos com link para o post original. Todas as imagens são de autoria de Patrícia Beatriz e estão sob copyright e a reprodução destas imagens é proibida. Quando as imagens não forem de minha autoria, estarão acompanhadas com os links de seus respectivos autores.